Encontre seu equilíbrio financeiro

Conheça as principais estratégias e ferramentas de controle financeiro para equilibras as suas contas

Não existe uma fórmula perfeita para se chegar ao equilíbrio financeiro. Indivíduos com perfis econômicos diferentes deverão aplicar estratégias diferentes para acertas suas contas pessoais. Nesse momento, elementos como hábitos de consumo, forma de poupar e projeções de receitas futuras devem ser levados em consideração.

Pensando em lhe ajudar, preparamos ótimas dicas sobre como organizar suas finanças. Continue a leitura e saiba mais.

Descartando gastos supérfluos

Quanto de seu salário é consumido por gastos supérfluos? Você já parou para se fazer essa pergunta? Faça as contas e você vai se surpreender.

De forma preliminar, podemos citar alguns hábitos que talvez você reconheça como problemáticos:

  • Refeições fora de casa.
  • Aquisição de itens de vestuário em excesso ou desnecessários.
  • Viagens não programadas.
  • Troca de carro em época inoportuna.

Ao identificarmos essas situações, não queremos dizer que você não deva deixar de comprar essas produtos e serviços. Trata-se apenas de racionalizar seu gasto e não se deixar levar pela falta de planejamento. Tenha em vista que compras programas são muito mais interessantes para sua organização financeira.

Conhecendo seu gasto corrente

Conhecer qual seu gasto corrente também é indispensável. Isto é, quanto de seu rendimento é destinado para custear despesas da casa, transporte, lazer e alimentação. E é identificando esse aspecto importante de seus gastos, que você poderá planejar com maior precisão aonde alocar o restante de seus recursos.

Primeiramente, é preciso sanar dívidas. Faça um cronograma de desembolso rigoroso para quitar todas as suas pendências junto a seus credores. Assim, você evitará desperdiçar recursos com juros e multas decorrentes de atraso.

Em um momento seguinte ou caso você não tenha passivos que comprometam significativamente seu salário, é hora de pensar como e onde investir. Poupar é fundamental, não se esqueça disso.

Comparando preços

Outro hábito pouco cultivado pelas pessoas em geral é comparar preços. Ao entrar no supermercado, por exemplo, muitas vezes com pressa, deixamos de fazer uma simples conferência entre mesmos produtos de marcas diferentes, simplesmente colocando no carrinho aqueles que aprecem primeiro em nossa frente.

Claro, para alguns itens já temos opinião formada e, inevitavelmente, adquirimos uma mesma marca. No entanto, haverá sempre uma gama de produtos cujos preços poderão ser confrontados.

Essa lógica deve se aplicar não somente a nossas idas ao supermercado, mas também a outros tipos de compra. Vestuário, eletrônicos, móveis, combustível e muito mais. Procure sempre pesquisar e veja a diferença diretamente em seu bolso semana a semana.

Usando ferramentas de controle financeiro

Você já deve ter ouvido falar de aplicativos de controle financeiro. O que você talvez não saiba o quão é interessante fazer uso desse tipo de ferramenta, que reúne centenas de funcionalidades para quem deseja acompanhar de perto os próprios gastos.

Para citarmos apenas algumas delas, temos a possibilidade de lançamento de todos os seus gastos de forma fácil e rápida. Depois de concluir uma compra, basta pegar o seu celular e anotar o valor da despesa.

Com tudo devidamente registrado, você pode acompanhar seus gastos por categoria em tabelas e gráficos dinâmicos. Além disso, você ainda tem acesso a módulos ligados a investimento, que avaliam seu perfil de investidor e, a partir disso, recomendam aplicações financeiras.

O que você tem a dizer sobre todas as dicas sobre controle financeiro que preparamos especialmente para você? Deixe seu comentário logo abaixo. Queremos saber qual é a sua opinião!